Pular para o conteúdo principal

Talvez para você, Adele seja apenas um nome comum, mas fique ligado... você ainda vai ouvir muito sobre a mais nova queridinha dos britânicos!

Com apenas 18 anos, a jovem britânica está conquistando o Reino Unido e chamou a atenção da crítica por ter uma voz forte, semelhante a de Amy Winehouse. A cantora lançou em janeiro de 2008, seu álbum de estréia, batizado de 19 e um mês depois Adele conquistou o topo das paradas. Pelo visto, não vai demorar muito para explodir no cenário internacional.

Adele é formada pela Brit School for Performing Arts, escola de arte em que estudaram outras sensações britânicas como Leona Lewis e Kate Nash. Entre suas influências musicais estão nomes importantes como Etta James, The Police, Amy Winehouse, Marvin Gaye e Billie Holiday.

Segundo o site do "Telegraph", Adele difere de Winehouse por ser mais fácil de ouvir e ter uma música mais suave. Nas letras, temas como amores impossíveis e desilusões amorosas, garantem o sucesso da jovem.

in JovenPan.com

Adele esta indicada em Best New Artist no Grammy 2009, e em mais 3 categorias, sendo elas Record Of The Year, Song Of The Year e Performance Female Pop Vocal. E seu primeiro single "Chasing Pavements" sairá no cd Grammy 2009! E já foi premiada com o Brit Awards pela crítica.

Conheci Adele quando lia sobre a Duffy, outra sensação musical, essa já mundialmente. Eu virei fã da Adele, uma voz linda, forte e muito bem usada!

Adele - Make You Fell My Love



"When the evening shadows
And the stars appear
And there is no one there
To dry your tears
I could hold you
For a million years
To make you feel my love"

Comentários

katy disse…
espero que ela não siga o caminho da amy!!!! bjs
Rodrigo Brower disse…
Adele tem outro tipo de personalidade..bem diferente da Amy...
Pedro disse…
Já tinha escutado o nome, mas não a música. Vou procurar mais coisas dela.
diego disse…
Super digna, o som inspira, toca, e absorvemos como liçoes as letras.

Chasing Pavements
é a favorita... aos meus ouvidos...

e Tired tem um toque um tanto que fora do padrao... alem do sotaque acentuado nessa musica...
resumindo

ela conquista desde a primeira vez, e reconquista a cada musica.

Diego Lopes
Rodrigo Brower disse…
Ah Di você é suspeito pra falar né..rs..
Manu disse…
Não curto música internacional.
Vai me arrasar por causa disso???
hahahahahhahahaha
Rodrigo Brower disse…
Claro que não, eu sou um cidadão do mundo então ouço de tudo.. =D
PULCRO disse…
Tinha que ser britancia.
Adoro o som dela.
Sieger disse…
Já conhecia... não curti o que ouvi dela...
Babi Mello disse…
Tem a voz forte da Amy mesmo, mas tomara que o sucesso e a fama não a disvirtua e ela siga o caminho do sucesso, sucesso pelo seu trabalho, não pelas coisas ruins, não siga a Amy, qto a Duffy gosto muito do som dela.
Lou disse…
Confesso que não conheço essa moça... Mas gostei!
Beijos
Álvaro disse…
me emocionou!
chorei um pouco...
DO disse…
Valeu pela dica,Rodrigo. Não a conhecia!!

abração!!
Apenas Alguém disse…
ei meu querido
td bem?
só não vi o video pq deixa o meu pc super lento
rs
vou fuçar algum audio dela pela net
grande abraçot
té mais
Apenas Alguém
bom meio d semana pra tu
FOXX disse…
mais uma britânica!
Luzinha disse…
Vou buscar algo sobre ela....
beijooo
Luzinha disse…
Vou buscar algo sobre ela....
beijooo
Olá Rodrigo!

Bonito esse texto sobre a Adele - que é igualmente bonita. Não sei onde vais desencantar essas maravilhas, mas tenho de te agradecer o facto de as partilhares com os que te leêm.

E quando ao Lord Budha, a minha mulher Raquel é indiana de Goa, o antigo Estado Português da Índia, mas é católica. Porem, em Bodygaya já estive junto da árvore da vida, descendente ornamentada daquela sob a qual ele esperou sentado 40 dias até atingir o Nirvana, ou seja subir ao céu... Vidas...

Entrado este 2009 de má cara, chego ao teu blogue com os desejos de que, apesar de tudo, os 365 dias que já começaram a correr sejam os melhores possíveis.

Como gostei do que aqui encontrei (e sou sincero, sem motivo para dúvidas…) continuarei a visitar-te, dentro, claro, das minhas possibilidades - que não são muitas. Apenas - o que se pode arranjar. De qualquer forma, tenho todo o prazer em te dizer que podes contar comigo. Para mim a Amizade é do melhor que este desgraçado Mundo (ainda) tem.

Alem disso, apesar de ser já um vetusto ancião (a caminho dos 69, para já. Depois, verei…) adoro a ironia. Apesar de reformado – ai a pdi – sou e serei sempre jornalista. E, desde Abril do ano que passou, dizem que também sou escritor. Coisas.

Por isso, sigo-te e espero que faças o mesmo comigo. Muito obrigado

Qjs Abs

PS (embora seja, aqui é só Post Scriptum…) – O meu imeile ou imilio (“preciosas “ criações minhas, hahahahahaha) é o:

hantferreira@gmail.com
«««««»»»»
Este é um texto standard (ainda que com as óbvias e necessárias adaptações, caso a caso) para poder chegar a todos os Amigos. Peço que o aceites assim sff.

Postagens mais visitadas deste blog

Apego

Um dia, o Buda estava sentado na floresta com alguns monges. Eles tinham acabado de almoçar e já iam começar um compartilhamento sobre o Dharma quando um fazendeiro se aproximou deles. O fazendeiro disse: “Veneráveis monges, vocês viram minhas vacas por aqui? E tenho dezenas de vacas e elas fugiram. Além disso, eu tenho cinco acres de plantação de gergelim e este ano os insetos comeram tudo. Eu acho que vou me matar. Eu não posso continuar a viver assim”.
O Buda sentiu forte compaixão pelo fazendeiro. Ele disse: “Meu amigo, me desculpe, não vimos suas vacas vindo nessa direção”. Quando o fazendeiro se foi, o Buda se voltou para seus monges e disse: “Meus amigos, sabem por que vocês são felizes? Porque vocês não têm vacas para perder” Buda era contra bens materiais? Não! Ele queria  apenas que não fôssemos apegados a elas! Devemos viver no mundo mas sem precisar dele, conviver, amar as pessoas, sem dependência, viver o agora sem expectativas pelo futuro, deixar o passado e viver a etern…
"Você só se harmoniza com as leis da prosperidade quando pode se libertar do medo da pobreza que faz você perseguir o dinheiro e colocá-lo em primeiro lugar, o que pode, durante uma fase da sua encarnação até fazer com que você acumule alguma coisa, mas não significa que a prosperidade lhe visitou. Porque ter coisas não significa ser próspero. O fato de você ter não significa que se harmonizou com as leis da abundância. É possível que a prosperidade e a abundância te visitem apenas se você se libertou do medo da escassez e experienciou a plenitude. Então, todo o tesouro do universo está a sua disposição, mas você não se apega a nada porque sabe que não é seu; apenas está ali para você usar e servir ao propósito divino. Essa é a verdadeira riqueza e a grande sabedoria: Você usufruir das belezas do mundo, mas não ser escravo dele". 
Sri Prem Baba
---
Segunda começo um novo ciclo, estou de trabalho novo. Muito bom ter seu currículo reconhecido e na primeira entrevista depois do úl…

Estar junto não é estar presente!

Estar junto não é o mesmo de estar presente, porque pode-se estar longe e se fazer notar, pode-se não se ver e se fazer sentir.
Se fazer presente é algo que está nos detalhes. Uma ligação fora de hora, uma mensagem no meio da madrugada, o carinho na voz, uma visita surpresa, todos pequenos detalhes que somados fazem a grande diferença.
Mas cada um é o que é, sabe o que sabe, ninguém pode cobrar nada de ninguém, esses detalhes devem ser  espontâneos e não exigidos! Por isso que amor não se declara, mas se demonstra. Enfim, Next! E roda da vida não para de girar..
Ótimo domingo!