Pular para o conteúdo principal
Ex abundanctia enim cordis os loquitur

No dia a dia, nas conversar, nos olhares fica claro quando alguém quer acrescentar ou tirar algo de você ou do mundo no geral. Sou daqueles que ainda acredito no ser humano. Tento ver o melhor nas pessoas e em tudo que nos acontece, mas ao nosso redor nem todos são assim. Falando da Jordin Sparks para uma pessoa esses dias, de como é bom seu novo cd e de como ela está linda, a pessoa me disse "é mas ela está gorda né.. devia emagrecer.." Eu parei e fiquei pensando que até aquele momento não tinha reparado que a Jordin estava "gorda" ou aquilo não tinha chamado a minha atenção, de verdade! Eu tinha reparado na voz, no carisma dela, que ela parece ser uma pessoa legal, que faz sucesso sendo tão jovem e esse alguém reparou que ela era "gorda" . Aqui não existe uma crítica, mas uma reflexão, reflexão que me mostra que realmente cada um vê o que pode ou o que quer ver. Eu continuo optando (sim, porque tudo na vida é opção) pelo melhor, optando por ver e ouvir o que me agrada, o que me faz bem. Existe uma frase antiga que diz que a boca fala do que a alma está cheia, que é a frase em latim no começo do post, assim acredito que tudo que vemos no mundo e reflexo do que temos dentro de nós, ruim pra quem não vê coisas boas, porque não deve ser muito fácil andar por ae carregando e vendo o que não lhe faz bem. Ótima semana pra todos!

Comentários

Lú - RJ disse…
É por pequenas coisas como essas que o mundo pode melhorar ou ser destruido de vez. Se tds começarem a enxergar o melhor de cada um, td pode vir a ser melhor e diferente. Mas, se só enxergam o q é ruim... as coisas cada vez mais se afundam!

Bjs!
Lipe disse…
Infelizmente só muito ultimamente que eu tenho me conscientizado disso.

Por mais simples que pareça, às vezes demanda uma força suprema pra conseguir deixar de ver os defeitos, ou a parte ruim, e ver as qualidades.

Mas é tentando bastante que se consegue!

Beijos!
DO disse…
Vc não deixa de ter razão,Rodrigo.
Déia disse…
Nossa! Adorei! É verdade, a gente diz, o que temos dentro de nós... E como tem gente que só tem coisa ruim pra dizer, só coisas para nos detonar, destruir..Mas como exigir algo mais? Ela só tem aquilo pra dar! né?
Eu, tenho muitas coisas boas, sempre pra dizer e por isso que digo: - Passei aqui, lí seu post e amei! Vou cada vez mais usar na minha vida, coisas boas e dizer, coisas boas... E valorizar o que está bonito.. pois a beleza, SEMPRE está nos olhos de quem vê, né? bjs
Sandra Timm™ disse…
Excelente reflexão para iniciarmos a semana e, quem sabe, iniciarmos uma nova forma de ver as coisas, de pensar, de falar, enfim... de, quem sabe, revolucionar a mesquinhez que abunda nas eternas beliscadas que as pessoas preferem dar aos invés de procurar ver o melhor do ser humano.

E como hoje é dia do amigo, deixo uma frase que extraí, do livro "CARTAS" de Caio Fernando Abreu:

"Tenho amigos tão bonitos. Ninguém suspeita, mas sou uma pessoa muito rica"

Meus amigos são contáveis e raros, mas com certeza, tem muito, mas muito valor para mim.

Obrigada por ser um deles!

Beijo
Vanderson disse…
as pessoas adoram detonar as outras, pq assim elas se acham "superiores"...
e outra adorei o blog!!
abraço!
Lou disse…
Eu gosto dela!
:)
Boa semana!
Bjim

Postagens mais visitadas deste blog

Apego

Um dia, o Buda estava sentado na floresta com alguns monges. Eles tinham acabado de almoçar e já iam começar um compartilhamento sobre o Dharma quando um fazendeiro se aproximou deles. O fazendeiro disse: “Veneráveis monges, vocês viram minhas vacas por aqui? E tenho dezenas de vacas e elas fugiram. Além disso, eu tenho cinco acres de plantação de gergelim e este ano os insetos comeram tudo. Eu acho que vou me matar. Eu não posso continuar a viver assim”.
O Buda sentiu forte compaixão pelo fazendeiro. Ele disse: “Meu amigo, me desculpe, não vimos suas vacas vindo nessa direção”. Quando o fazendeiro se foi, o Buda se voltou para seus monges e disse: “Meus amigos, sabem por que vocês são felizes? Porque vocês não têm vacas para perder” Buda era contra bens materiais? Não! Ele queria  apenas que não fôssemos apegados a elas! Devemos viver no mundo mas sem precisar dele, conviver, amar as pessoas, sem dependência, viver o agora sem expectativas pelo futuro, deixar o passado e viver a etern…
"Você só se harmoniza com as leis da prosperidade quando pode se libertar do medo da pobreza que faz você perseguir o dinheiro e colocá-lo em primeiro lugar, o que pode, durante uma fase da sua encarnação até fazer com que você acumule alguma coisa, mas não significa que a prosperidade lhe visitou. Porque ter coisas não significa ser próspero. O fato de você ter não significa que se harmonizou com as leis da abundância. É possível que a prosperidade e a abundância te visitem apenas se você se libertou do medo da escassez e experienciou a plenitude. Então, todo o tesouro do universo está a sua disposição, mas você não se apega a nada porque sabe que não é seu; apenas está ali para você usar e servir ao propósito divino. Essa é a verdadeira riqueza e a grande sabedoria: Você usufruir das belezas do mundo, mas não ser escravo dele". 
Sri Prem Baba
---
Segunda começo um novo ciclo, estou de trabalho novo. Muito bom ter seu currículo reconhecido e na primeira entrevista depois do úl…

Estar junto não é estar presente!

Estar junto não é o mesmo de estar presente, porque pode-se estar longe e se fazer notar, pode-se não se ver e se fazer sentir.
Se fazer presente é algo que está nos detalhes. Uma ligação fora de hora, uma mensagem no meio da madrugada, o carinho na voz, uma visita surpresa, todos pequenos detalhes que somados fazem a grande diferença.
Mas cada um é o que é, sabe o que sabe, ninguém pode cobrar nada de ninguém, esses detalhes devem ser  espontâneos e não exigidos! Por isso que amor não se declara, mas se demonstra. Enfim, Next! E roda da vida não para de girar..
Ótimo domingo!