Pular para o conteúdo principal


As vezes a vida nos da oportunidades de conhecermos pessoas bem diversificadas, em gostos, produção, ostentação, umas bem diferentes das outras, lindas, feias, outras cultas, outras simples.
Uma não serve porque é gordinha, outro porque é peludo, outra porque fuma, e já tem os seios caídos, ou gordinha demais, o ser humano escolhe amigos e amor, igual se escolhe uma fruta na feira, esta serve, esta é meia 'tortinha'. Depois diz: Ninguém me ama, ninguém me qué, o vida igrata né ?. Amor não é matérial, não é beleza externa, amor é luz interna, é dedicação, é ajuda, divisão, Ninguém ama outra pessoa somente porque ela é educada, veste-se bem. Isso são só referenciais. Ama-se pelo cheiro, pelo mistério, pelo encontro de almas, pela paz e o valor que o outro lhe dá, Ama-se pelo tom de voz, pelas batidas do coração, que se revela quando menos se espera..." ama-se como pela união das chamas de duas velas encostadas uma na outra, que vão virar um única chama.

Comentários

Mike disse…
Amei o texto, arrepiei com o final.
Arrasou! Ama-se por tudo isso que você disse, é bem mais complexo do que pegar fruta na feira. Pegar fruta na feira é racionalizar algo que vai muito além do racional!

Arrasou, babe!
É porque o amor nasce de dentro pra fora...
Então não tem como escolher uma uva ou um abacaxi...
Bjos grandes da LUz
Pedro disse…
Viver é a arte de encontrar pessoas.
Dany disse…
Hj em dia os valores dos sentimentos andam mesmo bem deturpados!!
Lindo texto
bjos
Mariposo-L disse…
Rodrigo está muito bonito o texto, mas porém todavia contanto, o que parece ser uma pedra para uns pode ser um diamante para outros e assim é a vida . o Sol brilha para todos só os cegos não percebem isso :)


Bjs
Lú - RJ disse…
O amor é algo único e inexplicável. Tem razões que a gente desconhece. Vc nem percebe e quando vê já está amando. Muito diferente de algo em liquidação que vc escolhe e leva pra casa pelo preço e aparência. O Amor é mais que isso! ;)

Bjs!
Poooxa! Adorei o texto tbm.
E acho que sou um mal entendedor do amor, tenho que me reciclar com isso. :S
DO disse…
Vc é um fofo,sabia??
Jan disse…
Honrosamente, o blog Castelo de Farsa indica o seu blog a dois selos, que minimamente, tem a função de lhe premiar pelo seu maravilhoso trabalho. Arrasouuuuuuuuuuu.
É só entrar no blog e retirar seu prêmio.

Beijus :*******
katy disse…
lindo texto!!! vc tem razão, as pessoas não são mercadorias, mesmo que as vezes se comportem como tal. bjs
Lou disse…
Adorei.
Mas, fiquei deprimida porque além de feia, devo ser chata...
Deixei um presentinho pra você lá no blog, viu?
Beijos
pulcro disse…
perfeito.
você é lindo!

www.pulchro.blogspot.com
pulcro disse…
perfeito.
você é lindo!

www.pulchro.blogspot.com
Babi Mello disse…
Verdade Rodrigo, as pessoas escolhem demais mesmo e nessas escolhas acabam nem pegando as melhores frutas e verduras. Porque o que importa é conhecer em produnfidade.
Bj!
Luzinha disse…
Concordo plenamente! O que é de dentro permanece, e o de fora cai...

beijo
Su disse…
Simplesmente tuuuddooo!!
Nossa estou passando uma fase de total identificação com esse texto!!!
Vir aqui é sempre um momento de "encontro"
Bjooossss
Mai Bigon disse…
Sabe, por muitas vezes me pergunto o porque abro uma página e a fecho sem ler. Dias depois, abro de novo e leio... Hoje, ao ler seu texto, tive a resposta: "tudo tem seu tempo e seu momento!". Não cansarei de dizer, você escreve com a alma... Beijos!

Postagens mais visitadas deste blog

Apego

Um dia, o Buda estava sentado na floresta com alguns monges. Eles tinham acabado de almoçar e já iam começar um compartilhamento sobre o Dharma quando um fazendeiro se aproximou deles. O fazendeiro disse: “Veneráveis monges, vocês viram minhas vacas por aqui? E tenho dezenas de vacas e elas fugiram. Além disso, eu tenho cinco acres de plantação de gergelim e este ano os insetos comeram tudo. Eu acho que vou me matar. Eu não posso continuar a viver assim”.
O Buda sentiu forte compaixão pelo fazendeiro. Ele disse: “Meu amigo, me desculpe, não vimos suas vacas vindo nessa direção”. Quando o fazendeiro se foi, o Buda se voltou para seus monges e disse: “Meus amigos, sabem por que vocês são felizes? Porque vocês não têm vacas para perder” Buda era contra bens materiais? Não! Ele queria  apenas que não fôssemos apegados a elas! Devemos viver no mundo mas sem precisar dele, conviver, amar as pessoas, sem dependência, viver o agora sem expectativas pelo futuro, deixar o passado e viver a etern…
"Você só se harmoniza com as leis da prosperidade quando pode se libertar do medo da pobreza que faz você perseguir o dinheiro e colocá-lo em primeiro lugar, o que pode, durante uma fase da sua encarnação até fazer com que você acumule alguma coisa, mas não significa que a prosperidade lhe visitou. Porque ter coisas não significa ser próspero. O fato de você ter não significa que se harmonizou com as leis da abundância. É possível que a prosperidade e a abundância te visitem apenas se você se libertou do medo da escassez e experienciou a plenitude. Então, todo o tesouro do universo está a sua disposição, mas você não se apega a nada porque sabe que não é seu; apenas está ali para você usar e servir ao propósito divino. Essa é a verdadeira riqueza e a grande sabedoria: Você usufruir das belezas do mundo, mas não ser escravo dele". 
Sri Prem Baba
---
Segunda começo um novo ciclo, estou de trabalho novo. Muito bom ter seu currículo reconhecido e na primeira entrevista depois do úl…

Estar junto não é estar presente!

Estar junto não é o mesmo de estar presente, porque pode-se estar longe e se fazer notar, pode-se não se ver e se fazer sentir.
Se fazer presente é algo que está nos detalhes. Uma ligação fora de hora, uma mensagem no meio da madrugada, o carinho na voz, uma visita surpresa, todos pequenos detalhes que somados fazem a grande diferença.
Mas cada um é o que é, sabe o que sabe, ninguém pode cobrar nada de ninguém, esses detalhes devem ser  espontâneos e não exigidos! Por isso que amor não se declara, mas se demonstra. Enfim, Next! E roda da vida não para de girar..
Ótimo domingo!