Pular para o conteúdo principal

1,2,3 testando.. 1,2,3 testando




  Sim ainda lembro a senha do blog, rs Minha sorte é não ser criativo no quesito senhas, tenho apenas quatro variações, então não as perco com tanta facilidade.

   Vir aqui pra falar que faz tempo que não venho aqui já ficou chato, por isso vamos tratar do que importa... O que importa?! Sei lá, pra mim muitas coisas, e legal entrar aqui e ver que mesmo depois de mais de 6 anos de blog e quase 30 de vida as coisas que me importam continuam sendo as mesmas.. a busca pelo subjetivo, a busca pelo que sou, pelo que posso ser..  

   Onde paramos? Bem casei, estou em uma fase muito feliz, acredito que seja algo que chamam de maturidade, não sei ao certo, nunca fui bom com rótulos, mas estou tranquilo em todos os campos da vida, Osho e o Gaspa tem muito mérito nisso também. Em agosto começo a fazer uma pós, por que depois de 5 anos longe da faculdade está na hora de dar uma atualizada, mas isso fica pra outro post (espero que em breve).

   Bem por que voltei ao blog? Acho que pelo desejo de voltar a escrever, por que só 140 caracteres não satisfazem um libriano. Face não conta, por que esse está cada vez mais próximo do Orkut, ali é bloqueando e refinando seu grupo de amigos pra poder valer a pena a rede, que em si é muito boa.

  Falando em escrita e leitura, vamos falar do meu novo amigo, o Kindle.





  A maioria já deve ter lido algo sobre, ele é um leitor de de livros digitais, os ebooks. Minha amiga trouxe um dos EUA e puts, virou essencial, muito gostoso de ler nele, fora que agora não preciso mais me preocupar onde guardar os livros, já que minha estante não cabia mais nada. Com ele estou me permitindo ler mais, por que devido ao peso acabava não carregando meu livro pro trabalho e com o kindle posso levar todo meu acervo. E de ler mais, escrever também se torna uma necessidade, e assim gira a roda..ou não..rs

  Agora estou lendo "Convergente" o livro final da trilogia "Divergente", não sou critico literário (mas poderia, já que sou formado em Letras), mas esse até agora tem sido o melhor dos três livros, espero não me decepcionar com o final.




  É isso, aproveitar pra ver se tem alguém da blogosfera das antigas por ae vivo e conectado...Bora atualizar os links. Bjs 


Comentários

FOXX disse…
Que bom que voltou, Rodrigo!
Nick disse…
Oi Rodrigo, tudo bem? Estou lendo alguns blogs que estão na lista de blogs do Foxx e o seu é um deles. Mas você tem muita coisa publicada, porque são 6 anos deste blog pois em postagens antigas deste blog mesmo você disse que tinha outro blog, ai fui no google e encontrei http://www.rodrigobrower.blogger.com.br/. Porém nessa postagem você diz que é formado em letras, mas no outro você dizia estar fazendo um curso de enfermagem. Na verdade eu peço que quando você tiver um tempo faça um resumo da sua vida nestes anos todos de blogueiro ou de sua vida mesmo, ou coloque os links importantes para sabermos mais sobre você. Adoro conhecer os blogueiros. Estou tentando fazer um imagem mental do que você publicou, mas se puder ajudar seria grato.
Abraços
Rodrigo Baracho disse…
Nick tudo bem? Pegou quase tudo, a parte que falta acho que se deve ao tempo fora do blog. Não terminei enfermagem, tranquei e fui fazer letras..de lá entrei em um banco, nunca lecionei, de um banco fui pra outro.. ^^
J. M. disse…
Seja bem vindo, querido. Eu não tenho escrito muito, mas tô sempre por aqui. Formado em Letras? Eu não sabia! rs. Também estou acompanhando a série Divergente, vou começar o segundo livro. No momento, estou lendo Quem é você, Alasca? do John Green. Muito bom também. Enfim, volte logo para nos contar mais sobre os planos futuros e parabéns pelo casório. :)
FOXX disse…
Olha só eu trazendo leitores pra vc hein? Que bom! Pode ler sem medo, Nick!
Gato Van de Kamp disse…
Que chique... Tem um moço formado em letras que tem um kindle e indica meu blog.. To bem surpreso com essa última constatação.. Bem.. Estamos voltado junto de uma longa temporada (a minha menos que a sua é verdade).. Espero que caminhemos próximo por mais um longo e produtivo tempo...

Beijos!!
Latinha disse…
Oopa! Cheguei em boa hora então! :-)
Começar, recomeçar, começar de novo, é sempre muito bom!

Eu creio que esses perigos de um suposto afastamento também fazem parte do processo.

Vou tentar acompanhá-lo a partir daqui! :-)

Abração!
Rodrigo Baracho disse…
Foxx vc sempre me traz bom leitores, amu blog por isso, por que aqui realmente existe uma rede de contatos, desde a época da internet discada..rs..
FOXX disse…
No que depender de mim te trarei centenas de leitores!
Olha eu chegando "via" Foxx também! :-) E o Nick me poupou um trabalhão. :-) Aliás, deixa eu ir lá ver o blog desse tal Nick também!

Postagens mais visitadas deste blog

Apego

Um dia, o Buda estava sentado na floresta com alguns monges. Eles tinham acabado de almoçar e já iam começar um compartilhamento sobre o Dharma quando um fazendeiro se aproximou deles. O fazendeiro disse: “Veneráveis monges, vocês viram minhas vacas por aqui? E tenho dezenas de vacas e elas fugiram. Além disso, eu tenho cinco acres de plantação de gergelim e este ano os insetos comeram tudo. Eu acho que vou me matar. Eu não posso continuar a viver assim”.
O Buda sentiu forte compaixão pelo fazendeiro. Ele disse: “Meu amigo, me desculpe, não vimos suas vacas vindo nessa direção”. Quando o fazendeiro se foi, o Buda se voltou para seus monges e disse: “Meus amigos, sabem por que vocês são felizes? Porque vocês não têm vacas para perder” Buda era contra bens materiais? Não! Ele queria  apenas que não fôssemos apegados a elas! Devemos viver no mundo mas sem precisar dele, conviver, amar as pessoas, sem dependência, viver o agora sem expectativas pelo futuro, deixar o passado e viver a etern…

Estresse - Osho

Todas as metas pessoais são neuróticas. O homem sintonizado com a essência das coisas consegue entender, sentir que: "Eu não sou separado do todo, e não há necessidade de estar elegendo e procurando concretizar algum destino por mim conta. Os fatos estão acontecendo, o mundo continua girando - chame isso de Deus...   Ele está fazendo coisas. Elas acontecem por vontade própria. Não há necessidade de que eu trave alguma luta, faça qualquer esforço; não há necessidade de que eu lute por coisa alguma. Posso relaxar e simplesmente ser"   O homem essencial não é um fazedor. O homem acidental é um fazedor. Por isso, o homem acidental vive naturalmente com ansiedade, tensão, estresse, angústia, sentado o tempo todo sobre um vulcão. Esse vulcão pode entrar em erupção a qualquer momento, porque o homem vive num mundo de incertezas e acredita que pode tomar as coisas como certas. Isso gera tensão em seu ser: lá no fundo ele sabe que nada é certo.
O Tarô Zen, de Osho: Carta - Estres…

108 contos e Parábolas Orientais - Por Monja Coen

Sou do tipo que ama andar na livraria esperando que algum livro me escolha, sempre acabo na parte de livros espiritualistas, zens, etc. Essa semana fui escolhido por 108  Contos e Parábolas Orientais, são contos Zens, chamados também de koans o Osho e o SatyaPrem sempre contam algumas dessas histórias, eu até anotava algumas em um caderno, por que são de uma reflexão tão profunda, que precisam sempre ser revisitadas. Agora a maioria delas em um único livro facilita bastante... A monja Coen explica que a partir dos principais nomes da tradição budista que ela faz parte (Soto Zen Budismo) reuniou os principais contos e acrescentou uma reflexão para cada uma delas. É um livro ótimo, mas sou suspeito nessa avaliação.
Bjs.