Pular para o conteúdo principal

"Cisne Negro"

Hoje assisti "Cisne Negro" e é maravilhoso! O tipo de filme para se ter em casa, para ver e rever várias vezes, dele podemos tirar várias reflexões, lindo demais. E ao ver o filme, impossível não fazer um link com o livro do Deepak Chopra "O Efeito Sombra" que fala exatamente sobre como todos temos um lado sombra e como utilizarmos essa sombra a nosso favor, e se não trabalharmos esse nosso lado, como ele pode nos "sabotar", enfim, já tirei várias reflexões...rs


" "Cisne Negro" é assustadoramente genial e funciona, deixando durante dias uma intoxicante e perigosa mistura de Tchaikovsky, Natalie Portman e sangue na nossa cabeça. Sua sequência final é das mais bem elaboradas e, ao mesmo tempo, simples já produzida pelo Cinema" (Fonte)

----

O desfile da X-9 no sábado foi perfeito, muito emocionante, as fotos estão no Facebook para quem estiver afim de conferir! Agora esperar amanhã pelas notas e se tudo correr bem sexta estaremos no Desfile das Campeãs! 

E o carnaval continua... Bjs

Comentários

Will disse…
Natalie Portman está Divina nesse filme. Concordo com tudo o que disse Rodrigo. De fato, às vezes, para se digerir alguns fatos que a vida nos apresenta é necessário aquietar-se, acalmar-se, e tornar-se reflexivo sobre quem somos e aquilo que a vida põe diante de nós.

Afinal, somos todos, sem exceção, o produto de nossas escolhas. E decisões são precisas quando amadurecemos com todas as possibilidades que se apresentam diante de nós.

Amei os últimos posts, o Lago e o Copo são perfeitos. Estamos evoluindo, gradativamente... um passo de cada vez, até tornar-se um Lago...

Vlw Queridão...
Muitas saudades do Sr. Por favor não demore a aparecer...
Adoro demais Você Guri...
Bjão!
Pedro disse…
Gostei do filme também. E é maravilhoso o trabalho de Natalie Portman.

Postagens mais visitadas deste blog

Apego

Um dia, o Buda estava sentado na floresta com alguns monges. Eles tinham acabado de almoçar e já iam começar um compartilhamento sobre o Dharma quando um fazendeiro se aproximou deles. O fazendeiro disse: “Veneráveis monges, vocês viram minhas vacas por aqui? E tenho dezenas de vacas e elas fugiram. Além disso, eu tenho cinco acres de plantação de gergelim e este ano os insetos comeram tudo. Eu acho que vou me matar. Eu não posso continuar a viver assim”.
O Buda sentiu forte compaixão pelo fazendeiro. Ele disse: “Meu amigo, me desculpe, não vimos suas vacas vindo nessa direção”. Quando o fazendeiro se foi, o Buda se voltou para seus monges e disse: “Meus amigos, sabem por que vocês são felizes? Porque vocês não têm vacas para perder” Buda era contra bens materiais? Não! Ele queria  apenas que não fôssemos apegados a elas! Devemos viver no mundo mas sem precisar dele, conviver, amar as pessoas, sem dependência, viver o agora sem expectativas pelo futuro, deixar o passado e viver a etern…

Estresse - Osho

Todas as metas pessoais são neuróticas. O homem sintonizado com a essência das coisas consegue entender, sentir que: "Eu não sou separado do todo, e não há necessidade de estar elegendo e procurando concretizar algum destino por mim conta. Os fatos estão acontecendo, o mundo continua girando - chame isso de Deus...   Ele está fazendo coisas. Elas acontecem por vontade própria. Não há necessidade de que eu trave alguma luta, faça qualquer esforço; não há necessidade de que eu lute por coisa alguma. Posso relaxar e simplesmente ser"   O homem essencial não é um fazedor. O homem acidental é um fazedor. Por isso, o homem acidental vive naturalmente com ansiedade, tensão, estresse, angústia, sentado o tempo todo sobre um vulcão. Esse vulcão pode entrar em erupção a qualquer momento, porque o homem vive num mundo de incertezas e acredita que pode tomar as coisas como certas. Isso gera tensão em seu ser: lá no fundo ele sabe que nada é certo.
O Tarô Zen, de Osho: Carta - Estres…
"Você só se harmoniza com as leis da prosperidade quando pode se libertar do medo da pobreza que faz você perseguir o dinheiro e colocá-lo em primeiro lugar, o que pode, durante uma fase da sua encarnação até fazer com que você acumule alguma coisa, mas não significa que a prosperidade lhe visitou. Porque ter coisas não significa ser próspero. O fato de você ter não significa que se harmonizou com as leis da abundância. É possível que a prosperidade e a abundância te visitem apenas se você se libertou do medo da escassez e experienciou a plenitude. Então, todo o tesouro do universo está a sua disposição, mas você não se apega a nada porque sabe que não é seu; apenas está ali para você usar e servir ao propósito divino. Essa é a verdadeira riqueza e a grande sabedoria: Você usufruir das belezas do mundo, mas não ser escravo dele". 
Sri Prem Baba
---
Segunda começo um novo ciclo, estou de trabalho novo. Muito bom ter seu currículo reconhecido e na primeira entrevista depois do úl…