Pular para o conteúdo principal

Uma das coisas que me dá prazer?
Ouvir música alta! Não só ouvir, mas cantar junto, e realmente extravasar!! Coisa pouca né, mas pra mim é uma conexão espiritual, me renovo, quando estou pensando demais em algo, ou triste, fácil, resolvo com música! Bjs.



Just Fine - Mary J. Blige

You know I love music
And every time I hear something hot
It makes me wanna move
It makes me wanna have fun
But it's something about this joint right here
This joint right here
Its makes me wannaÂ…..Woooh

Let it goÂ…Â…
Can't let this thing called love get away from you
Feel free right now, go do what you want to do
Can't let nobody take it away, from you, from me, from we
No time for moping around, are you kidding?
And no time for negative vibes, cause I'm winning
It's been a long week, I put in my hardest
Gonna live my life, feels so good to get it right

So I like what I see when I'm looking at me
When I'm walking past the mirror
Don't stress through the night, at a time in my life
Ain't worried about if you feel it
Got my head on straight, I got my vibe right
I aint gonna let you kill it
You see I wouldn't change my life, my life's justÂ…..

Fine, fine, fine, fine, fine, fine, ooooh
Fine, fine, fine, fine, fine, fine, ooooh
Just fine, fine, fine, fine, fine, fine, ooooh
You see I wouldn't change my life, my life's just fine


Comentários

Mary J Blidge e o máximo!
Jan disse…
Adoroooooooooooo just fine!!!
è uma música que anima o espirito mesmo.

bjs
Anônimo disse…
eu amo ficar cantando berrando no carro!
Lou disse…
Também amo ouvir música alta, hahaha... Nem sempre canto junto, mas quando canto é na maior altura também, hehe.
beijos
Anônimo disse…
Coisa pouca? Não...
Coisa boa!
Fiz isso ontem e senti leveza como há tempos não acontecia.
De posse dessa sensação, comprei mais cd's hoje. Impulso consumista em nome do prazer...
furanzao disse…
ELAÉ ÓTIMAAAAAAAAAAA.......ARRASOUUUU
¨¨Édna¨¨ disse…
ah ccncordo contigo...
ouvir música muito alta e cantando junto é ÓTIMOOOO....
já paguei até mico fazendo isso:
um dia eu estava ouvindo e canatndo uma musica do michael jackson a todo o volume na cosinha...
detalhe foi que o vizinho viu a ceninha, e detalhe, eu estava fazendo ate a coreografia...
o mico de hoje será a história engraçada de amanhã;;;
beijosssssssss
Anônimo disse…
Também sou assim, dentro do carro no maior transito não tem coisa mais gostosa de fazer .....
Erick disse…
eu tbm sou meio assim, viajo muito nas musicas.
hehehe.

ótimo video, curti o som.
k disse…
também amo música!!!! bjs e bom fim de semana.
Luzinha disse…
adorooo adorooo adorooo
FOXX disse…
boa musica sempre bom
¿Controversy! disse…
Voltei!!!
Depois de um longo período fora do blog, enfim estou aqui, feliz e ao mesmo tempo saudoso de todos.
Já diz o velho dito popular...
"Quem canta, os males espanta."
Eu também adoro, além de ver filmes do 007.
¿Abraços!
ALF disse…
A música libera as sensações mesmo.
Ouvir canções dá muito prazer.

;)

Abração
Pedro disse…
Não há nada melhor que música! (Tá, eu diria cinema). rs
[ rod ] disse…
Eu tenho esse hábito também... ouvir música alta.

Abçs,






Novo Dogma:
nuncA...


dogMas...
dos atos, fatos e mitos...

http://do-gmas.blogspot.com/

Postagens mais visitadas deste blog

Apego

Um dia, o Buda estava sentado na floresta com alguns monges. Eles tinham acabado de almoçar e já iam começar um compartilhamento sobre o Dharma quando um fazendeiro se aproximou deles. O fazendeiro disse: “Veneráveis monges, vocês viram minhas vacas por aqui? E tenho dezenas de vacas e elas fugiram. Além disso, eu tenho cinco acres de plantação de gergelim e este ano os insetos comeram tudo. Eu acho que vou me matar. Eu não posso continuar a viver assim”.
O Buda sentiu forte compaixão pelo fazendeiro. Ele disse: “Meu amigo, me desculpe, não vimos suas vacas vindo nessa direção”. Quando o fazendeiro se foi, o Buda se voltou para seus monges e disse: “Meus amigos, sabem por que vocês são felizes? Porque vocês não têm vacas para perder” Buda era contra bens materiais? Não! Ele queria  apenas que não fôssemos apegados a elas! Devemos viver no mundo mas sem precisar dele, conviver, amar as pessoas, sem dependência, viver o agora sem expectativas pelo futuro, deixar o passado e viver a etern…

Estresse - Osho

Todas as metas pessoais são neuróticas. O homem sintonizado com a essência das coisas consegue entender, sentir que: "Eu não sou separado do todo, e não há necessidade de estar elegendo e procurando concretizar algum destino por mim conta. Os fatos estão acontecendo, o mundo continua girando - chame isso de Deus...   Ele está fazendo coisas. Elas acontecem por vontade própria. Não há necessidade de que eu trave alguma luta, faça qualquer esforço; não há necessidade de que eu lute por coisa alguma. Posso relaxar e simplesmente ser"   O homem essencial não é um fazedor. O homem acidental é um fazedor. Por isso, o homem acidental vive naturalmente com ansiedade, tensão, estresse, angústia, sentado o tempo todo sobre um vulcão. Esse vulcão pode entrar em erupção a qualquer momento, porque o homem vive num mundo de incertezas e acredita que pode tomar as coisas como certas. Isso gera tensão em seu ser: lá no fundo ele sabe que nada é certo.
O Tarô Zen, de Osho: Carta - Estres…

108 contos e Parábolas Orientais - Por Monja Coen

Sou do tipo que ama andar na livraria esperando que algum livro me escolha, sempre acabo na parte de livros espiritualistas, zens, etc. Essa semana fui escolhido por 108  Contos e Parábolas Orientais, são contos Zens, chamados também de koans o Osho e o SatyaPrem sempre contam algumas dessas histórias, eu até anotava algumas em um caderno, por que são de uma reflexão tão profunda, que precisam sempre ser revisitadas. Agora a maioria delas em um único livro facilita bastante... A monja Coen explica que a partir dos principais nomes da tradição budista que ela faz parte (Soto Zen Budismo) reuniou os principais contos e acrescentou uma reflexão para cada uma delas. É um livro ótimo, mas sou suspeito nessa avaliação.
Bjs.